NOTÍCIAS

Agência Minas Gerais | Minas chega a nove meses seguidos com saldo positivo de empregos gerados, segundo o Caged

De acordo com os números do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referentes a outubro, divulgados nesta terça-feira (28/11), Minas Gerais chegou ao nono mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos formais: 4.907 no total. O número é fruto de 208.034 admissões e 203.127 desligamentos no período. 

Ao todo, ao longo de 2023 já são 187.485 empregos com carteira de trabalho assinada gerados, resultado de 2.222.403 admissões e 2.034.918 desligamentos. Somente o mês de janeiro registrou um saldo negativo, algo tradicional levando-se em consideração os empregos temporários gerados no período de Natal. 

“Minas Gerais mantém o cenário positivo na geração de empregos no mês de outubro. O saldo representa o nono resultado positivo consecutivo no ano. Dessa forma, a manutenção de um saldo positivo por um período prolongado é um sinal de estabilidade e crescimento econômico sustentável”, explica Amanda Carvalho, diretora de Monitoramento e Articulação de Oportunidade de Trabalho da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG). 

Minas segue como o segundo estado com maior estoque de empregos (4.658.707) do país, atrás somente de São Paulo. O estoque representa a quantidade de pessoas com carteira assinada, empregada tanto no setor público quanto no privado. 

Setores 

Numa análise setorial, três dos grandes grupamentos econômicos registraram desempenho positivo ao longo do mês de referência. O setor de Serviços liderou com a geração de 8.423 novos postos, seguido por Comércio (3.002) e Indústria (119). 

No que se refere aos resultados parciais de 2023, todos os grandes grupamentos econômicos apresentam crescimento, com destaque para o setor de Serviços, responsável pela geração de 96.869 novos postos. 

Trabalhadores de Serviços Administrativos são os que apresentaram maior saldo no mês de outubro, com 5.208 empregos gerados. Sobre o perfil dos empregados, nota-se o maior número de contratações para mulheres de 18 a 24 anos, com Ensino Médio Completo. 

“Esse cenário é um indicativo de um esforço bem-sucedido do Governo de Minas em estimular o crescimento econômico e a criação de empregos, sendo uma boa notícia para os cidadãos mineiros, sobretudo nessa época de fim de ano, onde a procura por trabalho aumenta”, completou Amanda.